Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Indústria Mineral de Minas Gerais recebe o Diretor-Geral da ANM

Notícias

Indústria Mineral de Minas Gerais recebe o Diretor-Geral da ANM

O Diretor-Geral da ANM, Victor Bicca, participou em Belo Horizonte, na sede da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, FIEMG, de um evento promovido pelo Sindicato da Indústria Mineral do Estado de Minas Gerais – SINDIEXTRA, dia 13 de dezembro, onde abordou sobre o tema “Desafios para a estruturação da Agência Nacional de Mineração”.
por ANM publicado: 17/12/2018 10h00 última modificação: 17/12/2018 10h43

O Diretor-Geral da ANM, Victor Bicca, participou em Belo Horizonte, na sede da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais, FIEMG, de um evento promovido pelo Sindicato da Indústria Mineral do Estado de Minas Gerais – SINDIEXTRA, dia 13 de dezembro, onde abordou sobre o tema “Desafios para a estruturação da Agência Nacional de Mineração”.

O Diretor-Geral da ANM foi recebido pelo Presidente da FIEMG, Flávio Nogueira, pelo presidente do SINDIEXTRA e Vice-Presidente da FIEMG, Fernando Coura, diretores e conselheiros do SINDIEXTRA.

Durante a reunião o Diretor-Geral da ANM fez uma vasta explanação do estado da arte da Agência Nacional de Mineração, relatou sobre todos os passos percorridos até o presente momento sobre as estratégias para a instalação da ANM, a criação do Comitê de sua instalação, número de servidores envolvidos com esse trabalho seus resultados e o que esperamos com a nova Agência. Também destacou que a Diretoria Colegiada está se reunindo diariamente, desde o dia 04 de dezembro, para deliberar sobre vários temas urgentes, como Resoluções sobre Registro de Extração, PLG, Licenciamento, Regimento Interno da ANM, dentre outros. Ao final, o Diretor-Geral respondeu várias perguntas dos participantes da reunião sobre CFEM, repasses de recursos financeiros à Agência, o futuro da ANM bem como os destinos da mineração em Minas Gerais e no Brasil, com suas perspectivas de crescimento, tendo em vista o momento em que se encontra a economia nacional, com vários sinais de reaquecimento.