Você está aqui: Página Inicial > Conteúdo Geral do DNPM > Páginas > Consulta Pública sobre minuta de Portaria relativa à água mineral

Consulta Pública sobre minuta de Portaria relativa à água mineral

por ANM publicado 16/04/2018 08h51, última modificação 18/04/2018 08h53

Consulta Pública sobre minuta de Portaria relativa à água mineral

“Estabelece instruções sobre análises oficiais de águas minerais ou potáveis de mesa como condição indispensável à aprovação do relatório dos trabalhos de pesquisa e atividade de lavra”


 CONSULTA PÚBLICA

A obrigatoriedade de realização de análises químicas e bacteriológicas de cunho fiscalizatório das águas minerais e potáveis de mesa nas fases de pesquisa e lavra é estabelecida nos artigos 6°, 7° e 27 do Código de Águas Minerais (Decreto-Lei 7.841, de 08 de agosto de 1945).

Por meio da Portaria DNPM N° 117, de 17 de julho de 1972, o DNPM estabeleceu instruções sobre a realização dos estudos in loco de fontes de águas minerais ou potáveis de mesa. Porém, a publicação da Portaria DNPM N° 374, de 01 de outubro de 2009, criou um conflito com o disposto na Portaria DNPM N° 117/1972:

II ­ Quando da apresentação do Relatório de Pesquisa referido no item VIII, artigo 23 do Regulamento do Código de mineração, o interessado solicitará e pagará, diretamente à Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais ­ C.P.R.M., a execução dos serviços.


Portaria DNPM N° 117, de 17 de julho de 1972.

4.5.7 Para assegurar a representatividade do Estudo in loco, na vigência do alvará de pesquisa mineral, será obrigatória a realização de no mínimo 04 (quatro) análises completas (químicas, físico­químicas e microbiológicas) distribuídas ao longo de um ciclo hidrológico, com a finalidade de obtenção de análise de referência e garantia da correta classificação da água mineral ou potável de mesa.


Norma técnica N° 001/2009, aprovada pela Portaria DNPM N° 374, de 01 de outubro de 2009.

Tendo em vista a necessidade de atualizar, definir e padronizar os procedimentos para realização das análises oficiais estabelecidas pelo Código de Águas Minerais, a equipe técnica do DNPM elaborou proposta de nova Portaria para substituir a Portaria DNPM N° 117/1972.

A minuta de nova Portaria propõe o uso de nova terminologia para descrever a análise completa realizada pelo LAMIN e abre a possibilidade para realizar as análises oficiais em outros laboratórios. A Portaria N° 117/1972 utilizava o termo "Estudo in loco", já a minuta, propõe o emprego do termo "análise oficial".

 grafico.png

A proposta visa o aperfeiçoamento normativo e objetiva alcançar celeridade no atendimento das demandas de análises oficiais e garantir a qualidade dos resultados analíticos. Deste modo, o DNPM as submete a Consulta Pública à sociedade para colher informações, sugestões e complementações que julguem ser pertinentes ao assunto.

 Fica, portanto, a proposta de Minuta de aperfeiçoamento normativo disponível para consulta pública por 30 dias contados a partir da publicação do Aviso de Consulta Pública no Diário Oficial da União, o que permitirá ampla discussão sobre os temas abordados, em consonância a política democrática e transparente do DNPM na elaboração de seus regulamentos e normativas.

As contribuições deverão ser encaminhadas em formulário próprio, conforme modelo disponibilizado, no prazo estabelecido para o endereço eletrônico: .

Clique aqui para acessar o modelo disponibilizado.

Clique aqui para acessar a Minuta

Clique aqui para acessar o Aviso de Consulta nº 4/2018 no DOU (Diário Oficial da União)